7. Quem tem ProUni pode conseguir o FIES
Quem já tem uma bolsa parcial do Prouni pode tentar o FIES para financiar a outra metade da mensalidade.  Para conseguir o FIES, o bolsista parcial do ProUni precisa solicitar o financiamento para o mesmo curso no qual é beneficiário da bolsa, na mesma faculdade, e a soma dos dois benefícios não pode ultrapassar o valor dos encargos educacionais com desconto.

8. Áreas prioritárias do FIES
O número de vagas para o FIES está diminuindo, o que torna cada vez mais difícil conseguir esse financiamento. A boa notícia vai para quem pretende financiar cursos ligados à Saúde, Engenharias e Formação de Professores. Essas áreas terão prioridade na distribuição de vagas disponíveis do FIES, ficando com mais da metade das oportunidades, dependendo da edição do programa.

9.  Ninguém pode cobrar para “conseguir” o FIES para você
A inscrição do FIES é gratuita e só pode ser feita pelo portal oficial do programa. Além disso, o contrato deve ser feito em um dos dois bancos credenciados pelo FIES: Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. Não aceite nenhuma oferta para “acelerar o processo” ou “garantir uma vaga no FIES”.

10. Faculdades que participam do FIES
A cada edição do FIES, podem mudar as instituições participantes. As faculdades que aceitam o FIES são todas reconhecidas pelo MEC, pois é necessário ter avaliação positiva no SINAES (Sistema Nacional de Avaliação do Ensino Superior).

Confira algumas das principais instituições de ensino que costumam participar do FIES:

 

Saiba mais sobre o FIES:

 

Vai pedir o FIES? Para qual curso? Conte para a gente aqui nos comentários!