App Store terá aluguel de apps e anúncios, veja o que vai mudar


O texto foi escrito por Redação - Catracalivre.com.br

A loja digital da Apple está prestes a passar por grandes mudanças, que prometem mudar a forma como você interage com a plataforma.

Várias adições devem entrar no ar já em junho, enquanto outras devem levar mais algumas semanas para serem implementadas. A alteração deve fazer com que as finanças da loja aumentem significativamente, em um negócio tão benéfico para a Maçã quanto para os desenvolvedores. As novidades serão apresentadas em detalhes durante a WWDC 2016, que acontece às 14 horas desta segunda-feira (13).

A loja da Apple vai passar por grandes mudanças, como a possibilidade de alugar apps por um período e inclusão de anúncios.

A grande novidade é que a Apple vai liberar que desenvolvedores vendam apps baseados em serviços por assinatura em todas as categorias. Por enquanto, só algumas áreas bem específicas (música e notícias, por exemplo) estão autorizadas a fazer isso, mas isso vai mudar com a "nova" App Store. 

Assim, você não precisará pagar altas quantias por um serviço que vai usar pouco. No lugar, pode "alugar" por um mês ou dois a partir de preços mais chamativos e cancelar o vínculo quando o app não for mais útil.

Quem fizer pesquisas por temas ou apps específicos também vai começar a receber anúncios de afiliados da Apple no topo da página. Isso era algo que a empresa sempre se recusou a fazer, mas finalmente cedeu. Schiller diz que o método escolhido pela Maçã foi pensado com cuidado e vai deixar todos felizes (desenvolvedores grandes ou indies e, claro, consumidores)".

Veja mais informações no site do Tecmundo.